3

 

Há muitas décadas que o Cinema se apropriou do livro.

 

Não há ano que passe em que não seja noticiada a última adaptação de um best-seller ou de uma obra literária de referência — podem não significar a mesma coisa.

 

Vejamos o que quatro autores têm a dizer sobre a adaptação feita às suas obras.

 

James Ellroy, muito sóbrio e sucinto:

 

Brown Requiem, sem comentários. Cop, sem comentários. LA Confidential, filme maravilhoso. The Black Dahlia, filme maravilhoso.”

 

 

Anne Rice, acerca da adaptação de Entrevista com o Vampiro:

 

“Fiquei particularmente surpreendida pela escolha de Tom Cruise que está para o meu vampiro Lestat como Edward G. Robinson está para Rhett Butler.” Depois de ter visto o filme, a autora disse ter gostado.

 

 

Bret Easton Ellis, nada convencido pela adaptação de A Última Viagem em Beverly Hills:

 

“Estava fantástico. É por isso que foi melhorando à medida que foi envelhecendo. Envelheceu bem. Suponho que se não houvesse o romance, gostaríamos ainda mais dele, mas há o romance que acaba por estragar tudo.”

 

 

Vladimir Nabokov, antes de ver Lolita, de Stanley Kubrick:

 

“Este filme pode resultar numa encantadora bruma matinal, tal como a vemos através de um mosquiteiro, ou pode equivaler às curvas de uma estrada panorâmica, tal como um passageiro na horizontal pode sentir numa ambulância.”

Partilhe este artigo:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *